Significados do Natal

3 de dezembro de 2016



♫♫ I wish a Merry Christimas

I wish a Merry Christimas

And happy new year... ♫♫



Acredito que para que o Natal seja puro e verdadeiro, há a necessidade de sabermos seu significado e tudo que nele está presente também, e não deixarmos que a alienação sobre coisas que são tão naturais nos consuma. Logo, o post de hoje, vamos esclarecer tudo sobre o que o Natal simboliza e o que deriva dele também...

Natal

Etimologicamente falando, a palavra Natal remete à nascimento. O Natal que conhecemos hoje derivou da festa pagã Saturnália, no intuito de substituir a mesma, que por tradição acontecia entre 17 e 25 de dezembro e passou a simbolizar um rito cristão: o nascimento de Jesus de Nazaré. Estipulado pela Igreja Católica no ano de 350 através do Papa Julio I, sendo mais tarde oficializado como feriado, o dia 25 de dezembro foi configurado para a data do nascimento de cristo, mesmo a Bíblia não especificando o dia da vinda de Jesus para este mundo. (alguns estudiosos afirmam que Jesus terá nascido em Abril, e que a data foi instituído pela Imperador Romano Constantino para agradar os cristãos.)

Símbolos Natalinos



Papai Noel - Acredita-se que o velhinho de botas e roupa vermelha seja uma associação cristã (também) ao bispo São Nicolau (nascido em 280 d.C. no século III), que era famoso por seu coração solidário. Essa "associação" aconteceu na Alemanha e ampliou-se ao mundo.
Curiosidade: Nos Estados Unidos ele é conhecido por Santa Claus, em Portugal por Pai Natal e aqui no Brasil por Papai Noel.

Árvore de Natal - Sendo ele um dos símbolos mais populares, a árvore de Natal tem diversas histórias de sua associação com o período, mas se sabe que costume de enfeita-las surgiu em 1539 em Estrasburgo (França), porém na América Latina somente no século XX a tradição dos enfeites começaram.
Por ser quase sempre pinheiros, o mesmo representa esperança, vitalidade e paz, uma vez que, quando os invernos rigorosos chegavam, era uma das poucas árvores que permanecia com suas folhas verdinhas.

Guirlandas - No dicionário é denominada como o ornamento feito de flores, frutas ou ramagens entrelaçadas. A mesma surgiu na Roma, pois os romanos acreditam que presentear com um ramo de planta traz saúde. E o Natal é sempre tempo de bons pensamentos.

Estrela Natalina - Fundamental ao Natal cristão, a estrela que guia os três reis magos (Baltazar, Gaspar e Melchíor) até o local do nascimento de Jesus, segundo o relato do Evangelho de Mateus, na Bíblia (o mesmo que relata a história do nascimento de Jesus).
A estrela é um símbolo que fica no topo das árvores de Natal na medida em que simboliza tanto o objeto norteador dos reis magos, como o próprio Cristo. Isso porque Cristo é o símbolo da verdade e da vida, ou seja, a "estrela guia da humanidade".

Sinos de Natal - As badaladas dos sinos seriam uma forma de anunciar a humanidade de que o Menino Jesus estaria chegando a terra para nos salvar, vindos do céu para simbolizar uma nova era onde teríamos por base os ensinamentos de Jesus. Acredita-se, também, que o som dos sinos possa afastar tudo de ruim e trazer boa sorte. 

Velas Natalinas - Antes mesmo de haver energia elétrica, as velas eram sinônimos do divino, por iluminarem a vista e não permitirem que a escuridão predominasse. Por sua vez, a luz que raia da vela é associada a imagem que Jesus Cristo ilumina os caminhos da vida para a salvação.

Ceia de Natal -  Associada a laços familiares, por ser um grande banquete que reúne a família, simboliza o banquete eterno e a união da família. De origem europeia, pois era costume receber pessoas na noite de Natal para confraternização.

Presentes de Natal - Talvez seja a primeira coisa que passa na mente ao se falar em Natal, os presentes derivam da oferta que os três reis magos fizeram á Jesus ao chegarem a manjedoura (ou a ideia do bispo Nicolau presentar pessoas). Essa tradição pode ser denominada a mais antiga.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Fique a vontade para comentar e transmitir sua opinião! ♥

Anuncie

 
Desenvolvido por Michelly Melo.