Diário #2: Como estraguei meu próprio Natal

4 de dezembro de 2016

HoHoHo!

Para falar a verdade, acho que contar sobre o Natal e eu é coisa de umas dez edições de diários, hahaha! Porém, hoje vim contar sobre como a senhorita Bianca conseguiu estragar o Natal com apenas 6 anos de idade.


Era o Natal do ano de 2006, estávamos minha família e eu na véspera do Natal bem felizes, porque o mesmo sempre foi uma das minhas datas favoritas. Eu era pequetucha, estava ansiosa pelos presentinhos, já tinha enchido minha barriguinha, mas não tinha nada debaixo da minha árvore. Questionei milhões de vezes à minha mãe onde estavam os presentes, mas ela só respondeu que o papai noel quem iria trazer e eu precisava dormir, pois assim que eu acordasse a magia faria com que tudo brotasse debaixo da minha árvore.
Tiramos fotos, leram historinhas para meu irmão e eu, e antes mesmo da meia noite nós já havíamos dormido (até porque com 6 anos, estar acordada à meia noite era ato de rebeldia, hahaha!). Lá estava eu no meu belo sono de princesa, quando de repente começo a escutar uns barulhos. Era noite e tarde, o que estava acontecendo? Me esgueirei para fora da cama e caminhei bem quietinha até a porta da minha casa que estava aberta, pois os adultos estavam acordados e espiei por ali: minha mãe estava pegando embrulhos e bicicletas na vizinha, que por acaso era a minha dinda. Ou seja, todo o esforço para que a doce criancinha aqui acreditasse que o papai noel era real foi pelo ar. Não sei se me traumatizei naquela época pela descoberta, lembro de ter ficado mais chateada porque me mentiram do que por causa do papai noel não existir. (isso aconteceu com o coelhinho da pascoa e com a fada do dente, eu era bem sem graça).
Eu digo que estraguei porque, a partir de então passei a ter uma outra visão do Natal e das pessoas, pois haviam mentido para mim. Mas isso é um fato superado e o bom velhinho pode existir e não vai ser eu quem vou dizer que não... HOHOHO! 

Moral da História: Não faça barulhos ao montar o Natal do seu filho, isso pode causar certos problemas para o seu filho (brincadeira).
Lembrando que os próprios psicólogos afirmam que a fantasia da criança é fundamental para o desenvolvimento cognitivo, isto é, não é necessário que seu filho seja hardcore e não tenha fantasias e acreditem em fábulas, a imaginação parte daí.



6 comentários

  1. Que triste descobrir que papai noel não existe dessa maneira!
    Eu nem lembro quando foi que deixei de acreditar nele! hahahaha
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, nem tanto quanto parece, mas gosto de zoar minha mãe por causa disso! hahaha
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  3. Poxa :( Mas ainda bem que você não ficou tão triste assim por descobrir que o Papai Noel não existe.
    Eu não lembro como eu descobri, só sei que meus pais eram muito ninjas pra colocar os presentes debaixo da árvore. A gente sempre passa a ceia em uma tia e quando voltava os presentes estavam lá. Algumas vezes, um deles falava que tinha esquecido alguma coisa na hora de sair e voltava pra casa. E era aí que eles colocavam o presente. Mas tinha vezes que nenhum dos dois voltava e mesmo assim os presentes estavam lá. Até hoje não sei como faziam isso hahahaha

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meus pais deveriam ter conhecido os teus, porque eles esqueceram de ser ninjas, principalmente com crianças meio curiosas como eu.
      Beijos ♥

      Excluir
  4. HAHAHA, o que importa é a forma como descreveu isso, achei bem engraçado! Eu acho que nunca acreditei muito no papai noel, os presentes sempre estavam debaixo da árvore na casa da minha vó e eu via adultos passarem o dia todo lá e deixar alguma coisa pra terceiros porque não iam poder estar lá na ceia, acho que não adiantava muito tentar me falar de papai noel se não tinha um esforço de me esconder o dia a dia, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda a certeza, quando é mais natural essa descoberta nossa mente aceita. Agora quando é meio impactante, hahaha, a gente não esquece. Mas achei legal compartilhar com vocês! ♥

      Excluir

Fique a vontade para comentar e transmitir sua opinião! ♥

Anuncie

 
Desenvolvido por Michelly Melo.